O princípio básico sobre o mercado

O mercado age por ondas, essas ondas que vão se repetir, dependendo de algumas variáveis, se transformarão em padrões, tais padrões que Charles Henry Dow formulou em 1884. Esta teoria é a base da Análise Técnica moderna e é em cima disso que eu trabalho. A teoria de Dow, ondas de Eliot, figuras, RS1, estocástico, RENKO, bandas de bollinger e alguns indicadores são alguns exemplos do que precisaremos estudar para ter um entendimento superficial da coisa. Charles Henry Dow é quem fundou Dow Jones Industrial Average. Um dos maiores índices do mundo. Tudo aqui vou dizer são princípios bem antigos e consolidados. Os japoneses já trabalhavam com mercados futuros de arroz há centenas de anos e nós utilizamos várias coisas que eles mesmos criaram.

Então essencialmente, as premissas base da teoria de Dow são as seguintes.
  1. Os índices descontam tudo. Todos os possíveis fatores que afetam a cotação dos preços dos ativos (ações) são descontados por esses índices que consideram todas as notícias, resultados contábeis e financeiros, acidentes e etc.

  2. Os mercados se movem em tendências. As tendências podem ser de alta ou de baixa. Por sua vez, as tendências podem ser primárias, secundárias e terciárias, segundo sua duração.

  3. Princípio de confirmação. Para confirmar uma tendência é necessário que os índices coincidam com a tendência.

  4. Volume convergente. Quando o mercado for mudar a tendência haverá um aumento expressivo volume nas negociações. Dow acreditava que volumes menores eram apenas algum vendedor ou comprador agressivo, para mudar uma tendência precisava que um bom volume o confirmasse. Enquanto não houver um volume alto confirmando a mudança de tendência, vale a tendência anterior.

  5. Utiliza as cotações de fechamento para o cálculo das médias. Não leva em conta os máximos e mínimos para o cálculo de seus índices.

  6. A tendência é vigente até que seja substituída por outra oposta. Até que os índices se confirmem, considera-se que a tendência antiga segue em vigor, apesar dos sinais aparentes de mudança. Este princípio procura evitar a prematura troca de posição (comprada ou vendida).

É em cima disso que vamos trabalhar, o foco será na psicologia de mercado. Muita gente se engana que mercado financeiro, onde ser especulador é focar nos números e numa aplicação avançada de matemática. A matemática fará parte, obviamente, mas o que faz os números, o preço de ativo movimentar para cima ou para baixo é a psicologia do mercado, é a ação humana ou de robôs, como são usados atualmente, modificando o preço. O nosso propósito aqui é utilizar essa análise técnica para tentar encontrar padrões de repetições, cataloga-las, classifica-las e fazer nossos investimentos nas maiores probabilidades de acerto. Nós vamos tentar de certa forma, prever algumas ações das forças compradoras e vendedoras através desses padrões, seguindo a tendência. A questão x é essa. Quando especular se torna intuitivo ao longo do tempo, eu não penso em números, eu penso na mentalidade das pessoas que realizaram as vendas e compras para poder agir a favor da tendência. Resumidamente, você quer que as pessoas cometam erros e que você ganha em cima delas. Eu fico cansado de ver enquanto estou comprado em movimentos claros de altas, centenas e milhares de pessoas tentando operar vendido. Pessoas que literalmente tão jogando dinheiro pra os comprados. São essas pessoas que irão falir, que não possuem conhecimento e perdem dinheiro.

Em todo o momento, em todas as operações, vamos sempre agir a favor da tendência. Aquela premissa que muitos falam e até parece lógico de “comprar na baixa e vender na alta” é de uma burrice enorme. Porque a tendência tenderá sempre a continuar, e é por esse tipo de procura de encontrar topos e fundos para fazer as melhores operações é que mais de 95% das pessoas na bolsa de valores irão falir. Al Brooks, um dos maiores analistas gráficos de hoje diz que 90% dos rompimentos são falsos, e não serão concretizados.

A questão da psicologia é tão importante que Teoria da Perspectiva, de Daniel Kahnemann, onde ele demonstrou que mais de 90% dos investidores compram topos e vendem fundos, ganham pouco e perdem muito, lhe rendeu o Nobel de Economia em 2002. Detalhe, ele não é economista, ele é um psicólogo. PSICÓLOGO NOBEL EM ECONOMIA.

Então pensemos que o nosso foco está em entender onde nós estamos, entender o mercado, entender nossas ferramentas, entender nossos indicadores e fazer um tradesystem(estratégia de mercado) que consiga ter uma boa taxa de acertos. Vou deixar alguns livros no final da discrição que eu acho super válido a leitura, são básicos, mas é uma ótima forma de iniciar.

Os benefícios e cuidados antes de entrar

Vocês podem ficar extremamente ricos. Eu não falo de boca pra fora. Quase 70% de todos os milionários do mundo ficaram milionários no mercado financeiro. O dinheiro está ali. Você tem mercados e indices, como o Forex, que movimenta 5 trilhões de dólares por dia. Isso é muito dinheiro. Mas como falei antes, para alguns ganharem tantos milhões é necessário que inúmeros percam. É por isso que o mercado financeiro será destinado apenas para alguns, uma minoria que conseguirá sobreviver nesse trabalho. Então tenham em mente que se você conseguir ganhar dinheiro no mercado financeiro, você estará entre os 5% que conseguem viver disso, enquanto os 95% irão falir e quebrar. Eu todo dia vejo especuladores que acompanho ganhando 10 mil, 20 mil, 30 mil reais por dia. POR DIA. Isso porque estou falando de pessoas comuns, pessoas físicas. Grandes instituições financeiras, bancos e market makers(o banco que dita a direção do mercado) estarão operando todo dia junto a você também. Você estará competindo contra especuladores que trabalham com isso há mais de 30 anos. Então pense que você não saberá mais que um banco, o que você fará é seguir eles, seguir as tendências, seguir quem dita o mercado. Não tem o que se descobrir antes dos outros, você vai agir conforme os grandes fazem. Assim como vejo especuladores esbanjando lucros diários de 30 mil reais por dia, eu vejo sempre pessoas desesperadas que perderam tudo na bolsa. Pessoas que tinham um imóvel largado, venderam e acharam que podiam tentar a sorte na bolsa de valores e perdiam tudo. Gente que perdeu 500 mil na bolsa, gente que vendeu carro pra especular e perdeu tudo, gente que pegou dinheiro emprestado com familiares e perdeu tudo, gente que fala em suicídio e afins. Me lembro de um cara que pegou dinheiro com o Sogro, e dinheiro de seu casamento e tentou sorte na bolsa de valores e acabou perdendo tudo e a noiva o largou. E isso é o normal de ocorrer, na maioria dos casos isso ocorre, a maioria perde. Por isso que nosso foco e objetivo não será o ganho estratosférico e sim proteger o seu dinheiro a longo prazo.

Lucro e perdas e psicologia

Muitos iniciantes ficam afobados e fazem mais de 40 operações por dia. 40 ordens de compra e venda. Levam vários stops(perdas controladas) e pouco gains(ganhos). Eles podem até no começo fechar o mês no (gain)verde, mas esse tipo de estratégia não dá certo a longo prazo e perderão tudo. Eu já fui assim e quebrei. Atualmente eu me disciplino e faço somente 2 operações por dia. E eu tento fazer com que sejam 2 operações de Gain. Perder dinheiro é normal, é impossível não perder dinheiro na bolsa, é natural. Não tem ninguém que não perca uma hora. Até os grandes tem dias de Loss(perda diária), mas não podemos tomar a ideia de banalizar perdas. Eu antigamente pensava “ah, de cada 10 operações, acerto 6.. ta bom”. Não, não está. Temos que estar sempre migrando, melhorando e estudando para fazer com que a maioria de nossas operações sejam de Gain. Por isso é mais válido apenas agir nos momentos certos, quando você tiver certeza, quando seu tradesystem der o sinal de compra e venda e não agir por impulso. O que é uma clara falta de preparo psicológico. Entenda, estudar o mercado financeiro é até simples. Quando você estudar as bases, os padrões, os indicadores e fazer análise técnica você vai achar tudo extremamente fácil. Você olhará o gráfico dos dias e semanas anteriores e vai ver sinais claríssimos de entrada e vai ver que é tudo muito evidente e fácil a primeira vista. E todo mundo entra em consenso com isso. Porque realmente é fácil de decorar, identificar e imaginar momentos propícios de operação. Mas a grande sacada de tudo é justamente o psicológico. Quando apertamos o botão de compra e venda você estará se arriscando, você estará colocando seu capital em risco e isso pesa na consciência.

Vamos supor que você após analisar o mercado, acredita que ele vá subir tantos pontos, reais ou seja qual for o ativo que esteja operando. Você vai comprar e esperar que ele atinga o alvo que você calculou, ou apenas crê que vai continuar subindo. Mas no momento em que você realizou a operação, o preço começa a cair. Você mal começou o dia e já está negativado. Você perdeu 50 reais em menos de 5 minutos e agora seu psicológico foi para o lixo. Isso vai acontecer. Você não vai entender porque isso ocorreu e é aí que as pessoas começam a perder o controle e quebram. Porque o cara não quer aceitar perder 50 reais, ele quer recuperar. Aí ele por pressão faz mais uma operação e perde mais 30 reais. Agora ele não está mais perdendo 50, ta perdendo 80 reais e isso vai ocorrendo durante o dia e o cara vai se afundando. No final do dia ele vai ter perdido uns 200 reais, sendo que podia ter perdido 50, esfriado a cabeça, analisado seu erro, pensando melhor e tentar no dia seguinte. É por isso que nessa hora precisamos ser estoicos ao ponto de colocar-se num sistema disciplinativo. Qual é o seu limite de perda diário? E de lucro? Quando comecei eu botava perda máxima de 30 reais. Batia 30 reais eu não tentava mais, largava o mercado. Podia aparecer a melhor operação ali pra mim, eu não operava mais. Porque eu protejo o capital. No dia seguinte, com a cabeça mais calma, eu fazia as operações e visava uma meta diária de 150 reais. Então quando alcança a meta, eu parava. Mas isso vale também para os ganhos. Muitas vezes eu estava ganhando dinheiro, num belo dia de trade e por falta de controle de até humildade, cresci o olho e tentei fazer novas operações e devolvi todo meu lucro no final do dia. Isso vai ocorrer. E você vai ficar puto, você vai ficar nervoso, você vai ficar angustiado. Então frente a todos os sentimentos que ocorrem durante um pregão, que são inúmeros, vi a necessidade de criar um sistema rígido onde me condiciono a ele e não saio dele em nenhuma condição. E não é somente eu que falo, os grandes fazem o mesmo, até eles que estão acostumados em ganhar, aceitam perder quando perdem e isso é natural.

Quando comecei a especular eu não tive orientação, fiquei quebrando a cabeça por uns 2 anos até finalmente começar a ganhar dinheiro. Eu comecei com pouco dinheiro, tentando aprender e fali duas vezes antes de consegui fazer dinheiro e hoje ganhar relativamente bem.

Por onde começar

Primeiro de tudo você precisa criar uma conta numa corretora. Eu, particularmente, aconselho a Modal, por muito tempo usei a Clear, mas agora migrei para a Modal. Eles possuem uma boa taxa de homologamentos e de corretagem que vale a pena para quem está começando.

Você vai preencher o formulário, responder um questionário que é uma baboseira burocrática do governo. E as respostas desse questionário que é padrão, determina o tipo de investidor que você é. E é bom dizer que você é um investidor agressivo, porque se você for considerado extremamente conservador você não terá acesso a algumas ferramentas. Então por isso é essencial que diga que é investidor de daytrade e afins.

Normalmente eles já liberam a conta em uns 2 dias. Você receberá os dados de transferência por TED ou DOC, precisará ter uma conta no banco pra enviar dinheiro a corretora e tudo estará certo.

Custos

Você vai pagar sempre algumas taxas ao Bovespa e a corretora. A clear, se me lembro bem, não cobra por custódia, pode deixar o dinheiro lá que não tem problema. Talvez só quando tiver com ações compradas a longo prazo, mas não tenho certeza, mas como não faremos isso, não existe problema.

Você pagará por cada ordem de compra ou venda que tu realizar. Cada clique e ordem realizada será contabilizada e terá um custo. Existe todo um critério de porcentagens e descontos e afins, mas essencialmente a gente se baseia mais no custo da corretagem, que é o valor que a corretora cobra por cada ordem. A clear cobra apenas 9 centavos por ordem. É bem barato e aconselho essa corretora. Quando comecei uma ordem custava 2 reais. Fazer 10 operações eram 20 reais de custos mais homologamentos que acaba pesando no final de mês. Com apenas 9 centavos você não terá esse problema, mas é bom nunca fazer muitas operações por dia como disse anteriormente.

Quanto a questão fiscal, o Brazil tem uma certa qualidade nessa questão. O Brazil cobra 20% de imposto sobre o mercado financeiro. Então todo o lucro que você tiver, mensalmente, você vai pagar 20% a eles. Você precisará ir no site do governo, criar um DARF e pagar. Não tem como sonegar porque cada ordem de compra e venda é enviado diretamente a receita e estará constando no seu CPF, então não tem nem como fugir. Tem que pagar os 20%. Que é até considerado uma taxa pífia, pois EUA cobra 40% e Europa cobra em média 45% então acaba sendo algo bem positivo. Independente de ganhos, você vai precisar declarar renda.

Onde irei operar

Você não vai operar ações. Esquece isso. Para operar ações é preciso ter um capital grande. Para quem tem pouco dinheiro e quer ter mais liberdade de operação, de poder realizar operações a venda descoberta a qualquer momento, você tem os contratos futuros de dólar e índice. É ai que eu opero e que você operará também.

O que é um contrato futuro: Do wikipédia:

Wikipédia escreveu:Os contratos de futuros são contratos de compra e venda padronizados, notadamente no que se refere às características do produto negociado, conforme regulamentação da Bolsa. Através desses contratos, as partes compradora e vendedora se comprometem a comprar e vender determinada quantidade de um ativo financeiro ou ativo “real”(bens tangíveis), em uma data futura, a um preço predeterminado. Por serem padronizados, os contratos futuros são negociáveis em bolsa. Constituem a base do chamado mercado futuro ou mercado de futuros. Além da cotação de moedas, são negociados ainda futuros de índice(bovespa, Dow Jones, SP500), preços da saca de café, de soja, etc, e produtores destes insumos comumente usam os mercados futuros para se proteger das variações de preço. Existem diversos:

Índice Futuro Ibovespa
Dólar Futuro
Café
Milho
Boi Gordo
DI Futuro
Euro
Ouro

O que nós vamos operar, e que aconselho, e é onde eu somente opero, é no Índice IBOVESPA, ou seja, nos contratos futuros do indice. Os contratos futuros são padronizados pela BM&F Bovespa, principalmente para facilitar comunicação entre os investidores. Não existe mais de um tipo de Índice Futuro (IND) ou Dólar Futuro (DOL). Assim, quando se fala do IND ou do DOL, os investidores já sabem as características dos contratos.

Então nós vamos operar o contrato futuro do índice bovespa?

Não.

Nós vamos operar um mini-contrato do índice bovespa.

Vejamos. O custo de um contrato do índice bovespa é correspondente a sua cotação, e cada ponto vale 1 real. Atualmente o índice está nos 85 mil pontos. Então 1 contrato futuro do índice custa R$85.000,00. Isso é caro. Cada ponto no índice valendo 1 real, e sendo que o lote mínimo é de 5 contratos, então você precisaria de 425 mil reais para poder operar com contratos futuros. Isso é um valor absurdo e não é qualquer um que possui tal valor para especular. É daí que surgiu os mini-contratos como uma forma de ajudar.

“Para facilitar o acesso de pessoas físicas a esse tipo de mercado a Bolsa de Valores brasileira, a B3, criou os minicontratos de índice e de dólar, que seguem os moldes dos contratos padrões, mas com o valor de apenas 20% do contrato cheio.”

Então mini-contrato é 1/5 do valor de um contrato cheio. Então para cada 5 pontos no índice equivale a 1 real. Cada ponto no mini-contrato vale 0,20 centavos. E valendo 20% do valor, então um mini-contrato custaria algo em torno de 17 mil reais. O que ainda é muito caro. Mesmo não tendo requisitos de lote mínimo de 5 que o contrato cheio exige, não é qualquer um que dispõe dessa quantia para poder operar 1 mísero mini-contrato. É partir dessa indagação que surge a nossa principal razão por estarmos operando: “Alavancagem”.

Alavancagem

Eu uso, todo mundo usa, até os grandes usam, e você vai usar. O que seria a alavancagem. Seria, resumidamente, pegar emprestado(pagando uma taxa por isso) o contrato futuro e opera-lo. Então essencialmente, quem paga o mini-contrato é a corretora, só que ela aí não perde nenhum centavo, porque no momento em que você finaliza a operação ela vende de volta o mesmo valor de novo e ganha em cima de você com as taxas. Só que se você conseguir lucrar em cima, o lucro é inteiramente seu, desprezando as tachas, obviamente. Para você pegar um contrato alavancado você precisa de uma margem para pode aguentar as agressões em sua carteira. O custo de um contrato alavancado varia muito, mas usaremos a Clear, por exemplo, que é a que utilizo e aconselho.

Ela cobra apenas 25 reais de garantia por contrato! Sim, você com apenas 25 reais pode pegar 1 mini-contrato de indice no valor de 17 mil reais. Mas você não perde esse dinheiro. Você só deixa de garantia a corretora. Quando tu finaliza a operação você pega de volta esses 25 reais, é nesse exato momento que você vai começar a perceber a grande oportunidade de ganhar dinheiro.

Vamos supor que o mercado abriu aos 60.000 pontos e você crê que vai subir. Você tem em sua carteira R$400,00. você decide comprar apenas 1 mini-contrato no valor de R$25,00.

25 reais é a garantia, restando para você R$375,00 de margem. Vamos supor que o mercado subiu pra 60.250pts em 10 minutos. E você decide vender e finalizar a operação. Você teve um “Gain” de 250pts em 10 minutos. 250pts com 1 mini-contrato são 50 reais. Então você ganhou com apenas R$25,00R$50,00 em míseros 10 minutos. E isso é uma operação comum. Visar 250pts é algo completamente normal. Quando você finalizar você terá em sua carteira:

R$375,00 de margem + R$25,00 da garantia que volta para você + R$50,00 dos 250pts de lucro. Totalizando em R$450,00. As taxas não irão custar mais do que R$1,50. Então em menos de 10 minutos você teve um lucro de mais de 10% do seu capital investido. Nenhum investimento do mundo oferece 10% ao dia. Isso nem se quer é possível. Se tu conseguir manter 10% ao dia por 5 anos você ficaria bilionário.

Agora vamos supor uma operação de perda com o exemplo anterior; Você imaginou que fosse subir, mas o mercado reverteu e começou a cair. Você fica negativado 100pts, e por estar utilizando um STOP, que é um gatilho automatizado do seu homebroker pra controlar perdas, você aceita a perda e o sistema finaliza a operação. 100pts são R$20,00. Esses R$20,00 negativo vão atacar a sua margem de R$375,00. Então ficaria mais ou menos dessa forma;

R$375,00 de margem – R$20,00 de Loss + R$25,00 reais da garantia que pegou de volta = R$380,00 fora as taxas que também são aplicadas no prejuízo. Mas perceba que esse pequeno prejuízo corroeu 5% do seu capital. 5% de perdas é um número grande. Então perceba que da mesma forma que é possível adquirir grandes ganhos é possível também ter grandes perdas. Por isso a questão essencial de trabalhar de forma em que maximizemos nossos gains, lucros e evitemos ao máximos as perdas. Tendo um rígido e disciplinado sistema de controle de perdas e ganhos.

Comprado e vendido e forças de agressão

Fiz um longo vídeo(26 minutos) falando sobre “Porque as pessoas perdem dinheiro na Bolsa”

O mercado é como se fosse um grande cabo de guerra. Onde um lado(comprador e vender) puxa o outro para se chegar em preço x. você vai ter oscilações para cima e para baixo no mercado, que são justamente o efeito dessa briga de constantes agressões entre os touros(compradores) e os ursos(venda). Alguns Homebrokers oferecem a possibilidade de acessar o livro de ofertas. Esse livro de oferta serve para visualizarmos todas as ordens postas na mesa. Ordens de compra e venda que ainda não foram compradas ou vendidas. Esperando que cheguem no preço x para serem “ativadas“. Vamos supor que nos 60.000 pontos do indice temos 5000 ordens de vendas. Que podem ser pessoas que começarão a operar vendido ou pessoas que lucraram lá em baixo e irão finalizar suas operações nos 60.000 pontos. No caso você vai olhar e perceber pontos de suporte e resistência.

Pense comigo, está 60.000 pontos com 5.000 mini-contratos lá querendo venda, pronto pra serem efetivados, para o preço chegar a 60.100 a força compradora precisa ser MAIOR QUE OS 5.000 mini-contratos vendidos para alcançar. Entende? É como uma agressão. Quando o mercado alcançar os 60.000 pontos ele vai ficar subindo e descendo naquele valor, fazendo agressão aos 5.000 minicontratos que estão vendidos. Até conseguir romper essa barreira essas agressões podem ser pessoas, bancos, instituições. um cara que chegou e comprou 20 minicontratos faz agressão justamente naqueles 5.000 que estão nos 60.000 pontos. Só que eu exagerei pra exemplificar, porque poderia muito bem ocorrer o seguinte. Ao invés de conseguir romper, a força compradora perdendo força. O que acontece? o mercado vai cair. Os contratos que foram agredidos na ordem entrarão vendido e mais pessoas, bancos e instituições irão por em venda. O mercado caí e conseguimos identificar regiões de zonas de suporte e resistência. A força compradora não conseguiu “romper” e ocorre uma reversão no mercado. De um mercado altista para baixista. E quando seguimos as sequências de topos e fundos, podemos desenhar um canal de alta e de baixa.

Você aprenderá tudo sobre análise técnica e Price Action

Nosso Introdutório

Experimente maximizar seus ganhos

Oferecemos um introdutório para aqueles que desejam começar a operar na Bolsa, mas não sabem por onde começar. Tudo que você precisa saber para começar a operar. Aulas em Vídeo e complemento em texto, acompanhamento pessoal e o curso tenderá à contínua expansão com novas aulas toda semana.